JESUS E O SAPATEIR0

CONTA-SE QUE, NO TEMPO DA IDADE MÉDIA, UM SAPATEIRO QUE ERA CONSIDERADO UM CRISTÃO MUITO PIEDOSO CERTA VEZ ESTAVA ORANDO. ENQUANTO CONVERSAVA COM DEUS, O SENHOR VEIO E FALOU-LHE:

_JOÃO, HOJE GOSTARIA DE ALMOÇAR CONTIGO EM TUA CASA.

EXASPERADO DE ALEGRIA, SURPRESA E AO MESMO TEMPO MUITO PREOCUPADO COM O QUE SERVIRIA PARA JESUS (POIS EMBORA FIZESSE MUITA CARIDADE ERA POBRE), COMEÇOU A RODEAR PELA CASA PENSANDO COMO RECEBERIA BEM TÃO ILUSTRE PESSOA QUE O HONROU TORNANDO-O DIGNO DE RECEBÊ-LO EM SUA CASA.

PREPAROU O QUE DE MELHOR SUAS POSSES POSSIBILITARAM E PENSAVA QUE JESUS IRIA SENTIR-SE DESONRADO COM TANTA SIMPLICIDADE, MAS LEMBROU-SE QUE JESUS DISSE QUE ELEÉ MANSO E HUMILDE DE CORAÇÃO.

AO APRONTAR TUDO, PREPAROU A MESA PARA AMBOS,QUANDO UM MENINO BATEU À PORTA. JOÃO CORREU ATENDER E QUANDO VIU QUE ERA UM MENINO POBRE E NÃO JESUS, PERGUNTOU-LHE O QUE ELE QUERIA E O MENINO PEDIU-LHE PARA QUE CONCERTASSE O SEU SAPATO, POIS ERA O ÚNICO E NÃO TINHA DINHEIRO NEM PARA PAGAR O CONCERTO. JOÃO PENSOU EM MANDÁ-LO VOLTAR À TARDE, MAS O OLHAR DO MENINO O COMOVEU E ELE PENSOU QUE JESUS ENTENDERIA. CONCERTOU O SAPATO E VOLTOU PARA A MESA. EM SEGUIDA, UM SENHOR DE IDADE BATEU PEDINDO AJUDA COM SUA CARROÇA. JOÃO FALOU-LHE QUE ESPERAVA ILUSTRE CONVIDADO PARA O ALMOÇO, MAS, MAIS UMA VEZ NÃO SE CONTEVE, COLOCOU UM BILHETINHO NA PORTA QUE DIZIA: "JESUS VOLTO JÁ." E FOI-SE A CONCERTAR A CARROÇA DAQUELE SENHOR. quando VOLTOU ANGUSTIADO, NÃO ENCONTROU JESUS E PENSOU QUE ELE SE ATERAZARA COM ALGO MAIS IMPORTANTE OU QUE NÃO VIRIA MAIS. ASSOMBROU-SE COM O PENSAMENTO DE JESUS TER CHEGADO E NÃO O ENCONTRANDO, DECEPCIONADO, PARTIU. ISTO PROFUNDAMENTE LHE DOEU NO CORAÇÃO.AINDA ASSIM SENTOU A ESPERAR APÓS PEDIR PERDÃO EM ORAÇÃO.

DE REPENTE UMA BATIDA À PORTA LHE BRILHOU O ROSTO E ENCHEU SEU CORAÇÃO DE ALEGRIA E EXPECTATIVA. AGORA É O SENHOR, ELE ME OUVIU E PERDOOU. ATENDEU. ERA UMA MÃE COM DUAS CRIANÇAS E DISSE-LHE QUE ESTAVA COM FOME E NÃO TINHA O QUE DAR ÀS CRIANÇAS. JOÃO PERTURBOU-SE. E AGORA O QUE FAZER. JESUS CHEGAVA LOGO E TODA SUA COMIDA ESTAVA À MESA. PENSOU, PENSOU. SENHORA, TUDO QUE TENHO É ISTO. LEVE PARA A SENHORA E SEUS FILHOS. NÃO É MUITO MAS É TUDO QUE TENHO.

DEPOIS VOLTOU PARA A MESA, AGORA COM SOMENTE UM PRATO E UM POUCO DE COMIDA. ERA PARA JESUS E JOÃO ESTAVA ENVERGONHADO DE APRESENTAR APENAS AQUELA POUCA COMIDA PARA AQUELE QUE HAVIA PROVADO A MORTE EM SEU LUGAR!

ESPEROU, ESPEROU. JESUS NÃO APARECEU."!

FOI FALAR COM O SENHOR EM ORAÇÃO. COMEÇOU ROGAR-LHE QUE PERDOASSE DUA INDISPLICÊNCIA PARA COM O MESTRE. FALOU-LHE QUE COM CERTEZA O SENHOR CHEGARA E NÃO O HAVIA ENCONTRADO, ORA ESTAVA CONCERTANDO SAPATOS, ORA CONCERTANDO RODAS DE CARROÇA, E ASSIM PERDEU O MOMENTO MAIS IMPORTANTE DE SUA VIDA. NEM COMIDA SUFICIENTE TINHA MAIS! O CHOROU ABUNDANTEMENTE.

PARA SUA SURPRESA, ENQUANTO CHORAVA E ESPERAVA FORTE REPREENSÃO, OUVIU O SENHOR A LHE FALAR:

_JOÃO, PORQUE ESTÁS TÃO ABATIDO?

_SENHOR, DISSESTE-ME QUE VIRIA ALMOÇAR EM MINHA CASA COMIGO HOJE E NÃO PUDE TER TAMANHA HONRA DE RECEBÊ-LO, AINDA QUE ME SINTA MUITO PEQUENO PARA TAL PRESENTE.

_JOÃO, TRÊS VEZES ESTIVE EM SUA CASA HOJE. AO OUVIR ISTO, JOÃO DESANDOU COMPLETAMENTE.

_NÃO CHORES, POIS NAS TRÊS VEZES QUE NECESSITADO SEM TER O QUE CALÇAR, SEM TER FORÇAS PARA TRABALHAR OU ALIMENTO PARA MIM E MEUS FILHINHOS, O TEU GRANDE AMOR NÃO PERMITIU QUE EU FICASSE DESAMPARADO. MESMO PENSANDO QUE CHEGARIA A TUA CASA DE OUTRA FORMA, NÃO DEIXASTE DE ME SOCORRER, POIS O MENINO, O VELHO E A MÃE COM SEUS FILHINHOS, ERA EU LHE PEDINDO AJUDA E VOCÊ ESTENDEU SUA MÃO PARA MIM ME DANDO TUDO O QUE TINHAS PARA ME ALIMENTAR E AGORA MEU CORAÇÃO ESTÁ CHEIO DE ALEGRIA E CONTENTAMENTO POR TUAS OBRAS E POR TEU GRANDE AMOR POR MIM.